MP DE SÃO PAULO - PROMOTOR DE JUSTIÇA - SAIU EDITAL
São 67 vagas -Remuneração: R$ 24.818,71.
Prepare-se com o Curso FMB - Curso Online c/ Apostila .Prof. Promotores
DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO - DPU
Saiu Edita l-Remuneração: R$ 22.197,67
Prova :24/9
Faça Curso FMB Online 2017 c/ Apostila
Professores Juízes, Defensores
  POLÍCIA MS - DELEGADO, ESCRIVÃO, INVESTIGADOR - SAIU EDITAL!!!
  São 30 Vagas para Delegado - R$14.978,20. Escrivão, 100 vagas e Investigador , 80 vagas - R$3.888,26.
Faça Curso FMB
  TRE BA - SAIU EDITAL -Analista e Técnico
  São 16 vagas para Analista c/ inicial de R$10.119.,93 e 26 vagas para Técnico c/ inicial de R$6.167,99.
Faça Curso FMB
CONCURSOS ABERTOS
EDITAIS • PROVAS • GABARITOS
GUIA DAS CARREIRAS PÚBLICAS
SEJA UM LICENCIADO
CLIQUE AQUI
CURSO COM TUTOR SOLDADO/PM 2ª CLASSE ONLINE + APOSTILA IMPRESSA - INÍCIO IMEDIATO TUTOR
       
UNIDADES REDE FMB
INFORMATIVOS FMB
QUESTÕES JURÍDICAS
Depoimentos
[+] Mais Depoimentos





Voltar

ANALISTA JUDICIÁRIO DOS TRIBUNAIS

Saiba tudo sobre a Carreira de Analista Judiciário  dos Tribunais: Requisitos, Atribuições, Remuneração, Jornada de Trabalho, Benefícios da Carreira...

Os Analistas Judiciários são Servidores Públicos que trabalham nos Tribunais:

  • TRIBUNAIS  DE JUSTIÇA DOS ESTADOS E DISTRITO FEDERAL
  • TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL
  • TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO
  • TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL
  • TRIBUNAIS SUPERIORES : STF, STJ,TSE, TST, STM

Lei que Disciplina a Carreira de Analista Judiciário

A Carreira de Analista Judiciário é regida pela Lei 11.416/2006, que trata dos servidores  públicos que fazem parte dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário dos Tribunais dos Estados e Distrito Federal e da União. O ingresso aos cargos ocorre através de concursos públicos.

Requisitos para o concurso para Analista Judiciário

Para o Analista Judiciário da Àrea Administrativa é preciso Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Nível Superior em qualquer área de formação, inclusive licenciatura plena, reconhecido pelo Ministério da Educação. Para o Analista Judiciário da Àrea Judiciária exige-se Diploma em Curso de Graduação em Direito.

Remuneração do Analista Judiciário

Com os reajustes, a remuneração inicial do Analista Judiciário chegará,  a partir de 2019, a R$12.455,31, composta por vencimento básico de R$ 5.189,71, mais Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ) de R$ 7.265,60.

Jornada de Trabalho do Analista Judiciário
A jornada de trabalho regular é de 7 horas corridas, o que não deixa de ser vantajoso vez que sobra tempo inclusive para dar continuidade aos estudos e buscar novos concursos....

Benefícios da Carreira de Analista Judiciário

Auxílio-alimentação:
Todos os ocupantes de cargos efetivos de Analista Judiciário dos órgãos do Poder Judiciário da União percebem mensalmente R$884,00 a título de auxílio alimentação, conforme dispõe a Portaria Conjunta CNJ nº 1, de 18 de fevereiro de 2016.

Assistência-Pré-Escolar: 
Trata-se de um benefício concedido ao servidores ativos, destinado ao custeio parcial de despesas pré-escolares de filhos ou dependentes na faixa etária de 0 a 5 anos. Todos os ocupantes de cargos efetivos de Analista Judiciário dos órgãos do Poder Judiciário da União percebem mensalmente R$ 699,00 a título de assistência pré-escolar, caso cumpram os requisitos para o recebimento, conforme dispõe a Portaria Conjunta CNJ nº 1, de 18 de fevereiro de 2016.

Auxílio-Saúde
Todos os ocupantes de cargos efetivos dos órgãos do Poder Judiciário da União recebem algum tipo de Auxílio Saúde. A assistência à saúde dos servidores, normalmente, é prestada diretamente pelos órgãos, através do oferecimento de plano de saúde (próprio ou por convênio) ou, ainda, mediante pagamento de indenização ao servidor e seus dependentes que contratarem planos de saúde privados. A título de exemplo, o valor per capita deste auxílio na Justiça Federal (CJF e TRFs) atualmente é de R$ 215.

Adicional de Qualificação
O Adicional de Qualificação – AQ incidirá sobre o vencimento básico do servidor, da seguinte forma:

  • 12,5% (doze vírgula cinco por cento), em se tratando de título de Doutor;
  • 10% (dez por cento), em se tratando de título de Mestre;
  • 7,5% (sete vírgula cinco por cento), em se tratando de certificado de Especialização;
  • 1% (um por cento) ao servidor que possuir conjunto de ações de treinamento que totalize pelo menos 120 (cento e vinte) horas, observado o limite de 3% (três por cento);
  • 5% (cinco por cento) para os Técnicos Judiciários portadores de diploma de curso superior.

Remoção

 Para os Servidores Públicos Federais há a possibilidade de pleitearem a remoção de um Tribunal para outro, demanda tempo, mas existe esta possibilidade.

img11

Plano de Carreira para os Analista Judiciários: Progressão e Promoção
O desenvolvimento dos servidores nos cargos de provimento efetivo das Carreiras dos Quadros de Pessoal do Poder Judiciário dar-se-á mediante progressão funcional e promoção.

A progressão funcional é a movimentação do servidor de um padrão para o seguinte dentro de uma mesma classe, observado o interstício de um ano, sob os critérios fixados em regulamento e de acordo com o resultado de avaliação formal de desempenho.

A promoção é a movimentação do servidor do último padrão de uma classe para o primeiro padrão da classe seguinte, observado o interstício de um ano em relação à progressão funcional imediatamente anterior, dependendo, cumulativamente, do resultado de avaliação formal de desempenho e da participação em curso de aperfeiçoamento oferecido, preferencialmente, pelo órgão, na forma prevista em regulamento.

Os Analistas Judiciários podem ser : Analista Judiciário da Àrea Judiciária e Analista Judiciário da Àrea Administrativa.

ANALISTA JUDICIÁRIO ÀREA JUDICIÁRIA:

Requisitos para Prestar Concurso para Analista Judiciário Àrea Judiciária

Bacharel em Direito.

O que faz o Analista Judiciário da Àrea Judiciária

Trabalham com análise de processos, elaboração de laudos,  e pareceres o que demanda conhecimento jurídico.

Trabalham em gabinetes de ministros, desembargadores e juízes. Nos tribunais que possuem primeira instância, podem ser alocados em Varas especializadas, produzindo minutas de decisões ou administrando as atividades cartorárias.

ANALISTA JUDICIÁRIO ÀREA ADMINISTRATIVA

Requisitos para Prestar Concurso para Analista Judiciário Àrea Administrativa

Graduação em Nível Superior em qualquer área.

O que faz o Analista Judiciário da Àrea Administrativa

Coordenar a realização de atividades técnicas de nível superior, complexas e diversificadas, nas diversas áreas que prestam suporte administrativo órgão de lotação, relacionadas ao planejamento, organização, coordenação, controle, assessoramento e supervisão de atribuições que envolvam estudo, pesquisa e solução de problemas em gestão estratégica de pessoas, de processos, de recursos materiais e patrimoniais, de licitações e contratos, de orçamento e finanças, de controle interno, dentre outras inerentes a área administrativa do Órgão.

Fonte: CURSO FMB

Quer saber como se preparar para o concurso para Analista Judiciário dos Tribunais?

Na preparação para o concurso de Analista dos Tribunais é fundamental: um bom plano de estudo, dedicação, curso e material eficientes. Não adianta sair estudando sem foco  e de maneira desorganizada. È  preciso um plano de estudo diário. Para os alunos do Curso FMB o Professor Flávio Monteiro de Barros (Ex-Juiz/Promotor de Justiça )  elabora um plano de organização do estudo , que  otimiza e valoriza  o tempo. È preciso disciplina! No Curso FMB as aulas são ministradas por professores que ocupam cargos de  Juízes, Desembargadores, Promotores,Delegados, Auditores da Receita Federal, dentre outros.
O Curso é  ainda acompanhado por apostilas em pdf. O Curso FMB ainda oferece Cursos por DVD e Apostilas para Analista dos Tribunais.

Clique aqui para mais Informações:

img11

Acesse os editais, provas e gabaritos para Analista Judiciário

Solicite seu Plano de Estudos: Envie e-mail para contato@cursofmb.com.br

 img11

 


PROVAS, EDITAIS E CONCURSOS
  Fundação Beneficente de Pedreira - SP abre processo seletivo para funções de todos os níveis de escolaridade, com salários que variam entre R$ 1.140,15 e R$ 3.969,70.
  Em Santa Catarina, a Prefeitura de Herval dOeste está oferecendo 17 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 6.002,80.
  Câmara de Tietê, São Paulo, disponibiliza vagas para profissionais que tem ensino médio e superior. Salários variam de R$ 3.494,16 e R$ 3.843,57.
  Prefeitura de Doutor Pedrinho, em Santa Catarina, abre processo seletivo com oportunidades para diversos cargos.
  Prefeitura de Dumont - SP. Ofertadas vagas para profissionais de níveis médio e superior, com vencimentos de até R$ 1.864,61.
  Prefeitura de São Pedro de Alcântara - SC abre diversas oportunidades em processo seletivo, com salários bases de até R$ 9.338,39.
  Prefeitura de Bauru - SP oferece vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade. Vencimentos de até R$ 3.758,46.
  Prefeitura de Damolândia - GO abre vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade.
  São ofertadas oportunidades para cargos de níveis médio e superior, na Prefeitura de Tambaú - SP com salários de até R$ 5.938,67.
  Prefeitura de Itaporanga - SP abriu quase 50 vagas para cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários podem chegar até R$ 6.101,56.
[+]Leia mais
 
Logo FMB
  Professores Histórico Links Úteis
Concursos Provas e Editais
Matriz - Rua Estados Unidos, 113 - SP Fone 11 3124 9222 - 3124-9241 - 3124-9209 - Fale Conosco: contato@cursofmb.com.br
® 2006 - 2017 Todos os direitos reservados